Análise: CN Sub 19 Futsal 21/22 – Final

Terminou o Campeonato Nacional de Sub-19 de futsal tendo sido, possivelmente, o mais equilibrado de sempre.

Dar os parabéns ao ADCR Caxinas pelo título alcançado. Quem ganha é sempre o justo vencedor:

Quanto ao facto de lhes ter adjectivado de “equipa banal”: as pessoas têm de aprender a ler, pois eu disse que sem Lúcio, Simão e Raúl eram uma equipa banal. E a prova é que nas derrotas e empates que sofreram, não estavam os 3. Acredito que se jogassem sempre poderiam ter alcançado mais vitórias, mas se eles não jogassem o Caxinas nem aos playoffs chegaria. São 3 atletas fundamentais no plantel Sénior com uma grande qualidade, que infelizmente o resto da equipa não consegue acompanhar.

O SL Benfica fez uma fase regular bastante interessante, mas depois as ondas de lesões vieram afectar bastante a equipa, mesmo assim o Cláudio e a sua equipa só têm de estar orgulhosos do seu trajeto esta época.

Já o Sporting CP fez uma época de altos e baixos, variando entre grandes e más exibições. Por pouco não conseguiam ir à final no 2º jogo e aguentar a vantagem. No 3º jogo simplesmente não apareceram e tiveram um Tiago Macedo completamente anulado pelos jogadores do ADCR Caxinas.

A outra equipa a ir aos playoffs, o SC Braga, equipa que sinceramente achava que não chegariam lá, conseguiram fazer uma 2ª volta muito boa permitindo com toda justiça figurar nos 4 melhores a nível nacional (apesar de não me agradar o seu estilo de jogo). Aprecio muito mais o modelo de jogo do Leões de Porto Salvo, que até começou muito bem, mas depois nos jogos diretos não conseguiram ganhar pormenores. Fizeram também eles uma excelente época, com um colectivo muito organizado e algumas individualidades bastante engraçadas.

O Desportivo Jorge Antunes simplesmente não vou comentar dado que saí durante a 1ª volta da 2ª fase.

Já a Quinta dos Lombos gostei bastante de os ver jogar, uma equipa lutadora, onde penso que o principal problema esteve na finalização.

Para terminar o AD Modicus, foi sem objectivos para a 2ª fase e terminou apenas com 1 ponto (alcançado contra Desportivo Jorge Antunes enquanto ainda era eu o treinador). Acho que um clube com o historial do Modicus deveriam pensar de outra forma, dado que certas goleadas foram humilhantes, mas porém perspectivo que possam ser uma agradável surpresa na próxima época.

Desejo umas boas férias desportivas a todos e vejamos o que o novo formato nos trás.

André Martins

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *