A Importância que a FPF dá aos Campeonatos Nacionais de Futsal

Os modos do campeonato de formação do futsal, já não sao do meu agrado, como aliás já expus neste artigo.

E aqui não está em causa se os nossos dois escalões (Sub-17 e Sub-19) podem passar ou não. Achamos injusto que a primeira fase do campeonato nacional de futsal seja realisada a uma só volta, pois os atletas precisam de volume de jogo. Mas hoje não é para insistir nisto…

O que me revolta hoje com a Federação Portuguesa de Futebol é que na passada semana, apenas a 48h do início do nosso jogo de Sub-19 com o Futsal Azeméis, vemos este ser adiado pela parte da FPF, em virtude de não existirem árbitros com disponibilidade para realizarem o nosso jogo, por causa de jogos da Taça de Portugal Placard, e como tal fica adiado para 8 de Dezembro.

A meio da semana de treino já haviam vários clubes que tinham sido notificados do mesmo, eu não queria acreditar no que me diziam… Então esta entidade que anda com a “treta” do processo de certificação de clubes, para que supostamente os clubes melhorem, obrigando a que haja um planeamento adequado, etc. A própria entidade não sabia desde início que sábado haveria uma maior quantidade de jogos? Não há planeamento na FPF?

Querem que pessoas que andam nisto de uma forma amadora sejam profissionais, mas os profissionais cometem erros de palmatória. Mas atenção malta, está tudo bem, somos campeões da Europa e do mundo, temos os melhores jogadores e treinadores, blá blá blá… Não acordem para a vida e daqui a 2 ou 3 anos vamos ver onde está o futsal nacional… Infelizmente só estamos a ver o topo da pirâmide, mas o que a sustenta é a base, e essa infelizmente está toda rachada…

André Martins

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *